Portugal / Português
You're looking at the Português version of the website. Don’t worry. We’ve all taken a wrong turn before. Choose a different version of the website here.

Como fazer uma inspeção na tua bicicleta de montanha antes de cada volta Executa esta verificação de vários passos simples antes de ires para os trilhos

Como fazer uma inspeção na tua bicicleta de montanha antes de cada volta Executa esta verificação de vários passos simples antes de ires para os trilhos

É importante fazeres uma inspeção à tua bicicleta de montanha antes de cada volta para evitares contratempos nos trilhos. Para ser mais rápido e fácil de memorizar os passos, utilizamos o método “M”. Cada um dos vértices da letra “M” representa um ponto a ser inspecionado. Começas pela roda traseira, passas para o espigão, baixas para os pedais, sobes até ao guiador e voltas descer para a roda dianteira. Aprende a fazer uma inspeção pré-volta com o nosso vídeo passo-a-passo e instruções abaixo.

Passo-a-passo de inspeção pré-volta de bicicleta de montanha

Ponto 1 do “M”

O primeiro ponto do “M” é a roda traseira.

Com a bomba, certifica-te de que a pressão de ar está dentro do intervalo de pressão recomendada impressa na parede lateral do pneu. A pressão de ar ideal no pneu é uma questão de preferência pessoal e pode depender de uma série de fatores como o local onde pedalas e se tens tubeless ou não, mas deves apontar para o meio do intervalo de PSI recomendado e ajustar a partir daí.

Queres pressão suficiente para o aro não bater no chão, mas não queres demasiada pressão para não perderes tração. Se a pressão for demasiado baixa, corres o risco de furar por trilhamento e se a pressão for demasiado alta, não terás tração suficiente e a bicicleta ficará difícil de controlar.

Dica de profissional: Se usas pneus tubeless, recomendamos que coloques selante novo a cada seis meses.

Verifica as pastilhas dos travões para ver se há desgaste e gira a roda para te certificares de que o disco não roça nas pastilhas. Se roçar nas pastilhas, e tens a certeza de que a roda está bem encaixada nos dropouts, pode ser necessário fazer um ajuste nos travões.

Ponto 2 do “M”

Puxa para cima o espigão até ao selim e move o selim lateralmente. Certifica-te de que a abraçadeira do espigão está bem fixa, mantendo de forma segura o selim e o espigão no sítio.

Testa o espigão telescópico para te certificares de que está a funcionar ativando a manete e pressionado o selim para baixo com a tua mão.

Depois, com a bicicleta no chão, deixa cair a zona traseira da altura do tornozelo. Escuta bem para detetar algum chocalhar ou outros ruídos estranhos. Isso pode significar que algo está solto ou desgastado e deve ser visto na tua loja Trek para manutenção.

Plano aproximado do pedaleiro traseiro

Ponto 3 do “M”

Agora, mais abaixo, até ao pedaleiro, o ponto do meio do “M”. Gira ambos os pedais e escuta bem para detetar rangidos ou outros ruídos.

A seguir, agarra em ambos os pedais e pressiona-os lateralmente, verificando se há alguma folga no pedal ou no sistema pedaleiro.

Depois, gira o pedaleiro para trás e tenta ouvir quaisquer rangidos ou estalidos na corrente ou no sistema de transmissão.

Um ruído na tua corrente pode apenas significar que precisa de lubrificação, mas ruídos na transmissão normalmente precisam de ser analisados com maior atenção na loja.

Ponto 4 do “M”

Vamos para cima, até ao guiador. Com a bicicleta no chão, deixa cair a zona dianteira da altura do tornozelo. Escuta com atenção para detetar quaisquer rangidos ou outros ruídos estranhos, tal como fizeste na parte traseira da bicicleta.

Certifica-te de que fazes uma torção nessa zona para garantir que o avanço e o guiador estão bem fixos, vê a demonstração no vídeo.

Depois, aperta ligeiramente as manetes dos travões para te certificares de que funcionam sem teres que apertar as manetes quase até ao fim. Se os travões não estiverem a funcionar corretamente, podes encontrar peças de substituição e assistência na tua loja Trek.

Ponto 5 do “M”

O ponto final do “M” é a roda dianteira. Vais, essencialmente, repetir o mesmo processo que utilizaste na roda traseira.

Com a bomba, certifica-te de que o pneu está com a pressão a meio do intervalo recomendado. A pressão PSI recomendada encontra-se na parede lateral do pneu. Se a pressão for demasiado baixa, enche o pneu até uma pressão dentro do intervalo recomendado. Se tens tubeless, certifica-te de que verificas o selante.

Finalmente, gira a roda dianteira para te certificares de que gira livremente quando passa pelas pastilhas dos travões sem lhes tocar. Se tocar, e se já verificaste que a roda está bem montada, pode ser preciso afinar os travões.

PONTO EXTRA: Verifica a suspensão

Deves verificar regularmente o ajuste da suspensão medindo a distância entre os o-rings e o corpo do amortecedor traseiro ou as pernas da suspensão dianteira para ver o sag. Após uma volta normal, a distância do anel de vedação deve ser ser igual às especificações do comprimento de curso do teu amortecedor ou ao curso da suspensão frontal. Se não estás a atingir a totalidade do curso, podes querer baixar a pressão PSI. Se o anel de vedação está a ir demasiado longe ou a deslizar do eixo do amortecedor, podes querer aumentar a pressão PSI.

Leva em consideração que as preferências individuais e o estilo de condução são fatores importantes para encontrar o melhor ajuste de suspensão para cada um. Experimenta diferentes níveis de sag (pré-carga) e de velocidade de retorno até encontrares a combinação que melhor se adequa à forma como andas na tua bicicleta de montanha.

Podes utilizar o nosso calculador de suspensão para te ajudar a otimizar o ajuste da tua suspensão de acordo com o teu peso e estilo de condução.

Ir para o calculador >>

É isto! Bem simples, certo? Além de fazeres a inspeção pré-volta e realizar a manutenção básica em casa, como enchimento de pneus e lubrificação da corrente, a manutenção regular na tua loja Trek vai fazer com que os componentes funcionem bem e possam ser detetadas necessidades antes de se transformarem em problemas. Utiliza o nosso localizador de lojas para encontrares a loja mais próxima de ti com Manutenção Certificada Trek.

Encontra a tua loja >> 

Ferramentas para bicicleta e manutenção

Desde as multi-ferramentas portáteis da Bontrager até ferramentas mais específicas de oficina profissional e produtos de manutenção, encontrarás aqui tudo o que precisas.
VER FERRAMENTAS

About the Author: Trek

A nossa missão: fabricamos apenas produtos que adoramos, oferecemos uma hospitalidade incrível aos nossos clientes e mudamos o mundo ao colocar mais pessoas a andar de bicicleta.