Portugal / Português
You're looking at the Português version of the website. Don’t worry. We’ve all taken a wrong turn before. Choose a different version of the website here.

Equipado/a e preparado/a para pedalar em tempo molhado Se queres pedalar durante todo o ano, vais ter que te molhar um pouco

Equipado/a e preparado/a para pedalar em tempo molhado Se queres pedalar durante todo o ano, vais ter que te molhar um pouco

Se vives num sítio onde os caminhos ficam muito enlameados tipo argila, muito provavelmente tens que deixar a bicicleta pendurada quando chove. Mas, se vives noutros locais, há a possibilidade de teres trilhos à disposição concebidos para lidarem com alguma humidade e não existe nenhum motivo para não pedalares à chuva.

Quer vás fazer trilhos cobertos com lajes de granito ou trilhos concebidos com a inclinação certa para repelir a água, é certo e sabido que pedalar quando está tudo molhado vai trazer alguns salpicos de lama. Para quem pedala no Noroeste Pacífico ou na Grã-Bretanha, pedalar à chuva é uma atividade diária, mas mesmo que sejas um guru da previsão de chuva, podemos todos desfrutar de algum aconselhamento para quando chove. Desde a arrumação na bicicleta, até pedalar e não esquecendo a limpeza, vamos abordar os temas básicos que precisas de saber antes, durante e depois de pedalar com tempo molhado.

Quando chega a altura de enfrentar trilhos molhados, é essencial que saibas quais são os trilhos em que podes andar quando chove. Mantém-te longe dos trilhos fluídos, dos trilhos que ficam com lama espessa tipo manteiga. Uma volta rápida num trilho fluído enlameado pode causar danos que levam semanas para reparar aos seus construtores. Opta pelos trilhos técnicos que disponham de boa drenagem, de muita pedra e raízes para prevenir a erosão.

Quando tiveres escolhido o trilho, segue o nosso guia para ires para a terra batida equipado/a com tudo o que precisas quando a Mãe Natureza atira chuva para cima de ti.

Luvas de montanha

As Luvas de Inverno Impermeáveis Velocis mantêm as tuas mãos quentes e confortáveis nas deslocações em tempo frio e húmido sem comprometer a destreza.

Calções de montanha

Prolonga a tua temporada de ciclismo com calções que não restringem a tua forma natural.

Casaco de montanha

O Casaco Avert Stormshell aumenta a diversão durante as voltas com chuva, proporcionando uma proteção garantida da cabeça até ao tronco.

Preparação

1. Uma boa base de roupa interior
Perante a inclemência meteorológica, a roupa interior é a tua melhor amiga e a melhor forma de começar é com uma boa base. Utiliza uma peça de roupa interior sintética ou em lã respirável diretamente sobre a pele para ajudar a repelir a humidade e a regular a temperatura e complementa com uns calções com alças térmicos ou carneira para mais aquecimento na zona abaixo da cintura.

2. Protege o teu traseiro
Para repelir a água e manter o calor, optamos por calças de ciclismo quando chove, mas se vais pedalar em dias de chuva durante o verão, os calções impermeáveis são a opção perfeita. Se queres mais calor e proteção extra, coloca umas joelheiras para oferecer maior resistência aos elementos.

3. No tronco
Pensa na temperatura quando escolhes um jersey. Se a temperatura estiver muito baixa, veste um térmico de manga comprida, mas se as temperaturas são moderadas utiliza o jersey que normalmente usas. Veste por cima uma proteção impermeável com ventilação com fecho de correr para poderes libertar calor nas subidas e protegeres-te do frio nas descidas, mantendo o calor corporal.

4. Protege os dedos
Mantém as mãos cobertas com um sólido par de luvas e leva umas suplentes para colocares depois de subir. Há a possibilidade de as primeiras luvas ficarem frias e molhadas quando sobes e as tuas mãos vão agradecer estar secas e quentes quando estiveres a descer. As meias impermeáveis são uma forma fantástica para manteres a temperatura nos pés, mas se ainda não queres usar umas, então um par de meias em mescla de lã são a opção. A lã mantém o calor quando molhada, sendo uma escolha excelente para as voltas à chuva.

5. Protege os olhos
Óculos de proteção são essenciais nos trilhos molhados. Utiliza um par de óculos de ciclismo ou de proteção para afastar a lama, as pedras e os detritos longe dos teus olhos. Defende-te dos salpicos das rodas com uns guarda-lamas de instalação fácil na forqueta para uma proteção extra contra a lama.

6. Dá prioridade aos pneus
Para melhorar a tração em superfícies escorregadias ou soltas, baixa a pressão dos pneus em cerca de dois PSI para que o piso do pneu tenha uma maior superfície de contacto com o solo.

Christina Chappetta a curvar em terreno molhado

A volta

1. Não sejas exibicionista
Os trilhos escorregadios trazem situações complicadas. Pedala mais devagar e escolhe as trajetórias com cuidado. Vai atrás do teu recorde pessoal num dia seco.

2. Travar: as regras
Os fatores conjugam-se contra ti quando tens que parar. Os travões molhados não funcionam de forma tão fiável como quando estão secos e as forças de travagem súbitas podem fazer com que derrapes rapidamente. Trava mais cedo, de forma suave e pratica a modulação. Avalia o trilho à tua frente para veres quais são os melhores sítios para travar e onde não o deves fazer. Acima de tudo, não traves em cima de obstáculos de madeira.

3. Conhece o terreno
Algumas lajes de granito podem oferecer tração perfeita, mesmo quando molhadas. Outras raízes são escorregadias e traiçoeiras. Aprende quais são as pedras escorregadias e com musgo e quais é que te oferecem a aderência que precisas para poderes planear as tuas trajetórias de acordo com isso. Quando passas por cima de raízes entrelaçadas, coloca a roda de forma perpendicular sempre que possível, contudo, se as raízes estão orientadas com a linha de saída do trilho, não lutes contra elas. Tenta acompanhá-las e dá o teu melhor para não travares quando passas por cima delas.

Christina Chappetta a pedalar em terreno molhado

Limpeza

1. Bicicletas limpas
Sempre que possível, lava a bicicleta assim que acabas a volta. Remover a lama ainda molhada da bicicleta é simples com uma mangueirada rápida, enquanto deixar que a lama seque e solidifique faz com que seja mais difícil de remover mais tarde, podendo até manchar a pintura da bicicleta.

2. Cuidar da corrente
Limpa e lubrifica a corrente após cada volta em tempo molhado para a manter a funcionar de forma suave e sem ferrugem.

3. Seco e quente
Tira o equipamento molhado e enlameado assim que acabes as voltas e coloca tudo num saco impermeável. Vestir uma camisola com capuz quente após uma aventura fria e molhada é uma forma rápida de manter as boas vibrações e impede-te de estragar a festa ao levares lama para dentro dos carros dos teus amigos a caminho de casa.

Tens algumas dicas para enfrentar as voltas em tempo molhado? Publica-as nos comentários abaixo!

bicicletas de montaña

A montanha está à tua espera!

A Trek é líder mundial em tecnologia de ciclismo de montanha. É por isso que não é surpresa que as nossas bicicletas de montanha tenham as tecnologias mais avançadas do mercado. As inovações não se limitam apenas aos modelos topo de gama. Cada modelo está carregado de funcionalidades e detalhes que te garantem maior performance e diversão nos trilhos.
Encontra a tua bicicleta

About the Author: Trek

Our mission: we build only products we love, provide incredible hospitality to our customers, and change the world by getting more people on bikes.