Brazil / Português
You're looking at the Português version of the website. Don’t worry. We’ve all taken a wrong turn before. Choose a different version of the website here.

Como cuidar da sua bike

Como cuidar da sua bike

Saiba como manter sua bicicleta em sua melhor condição entre as revisões.

Dar um pouco de TLC à sua bike ajuda a funcionar sem problemas e reduz a chance de você ser pego desprevenido por um acidente de manutenção na estrada ou trilha. Estes quatro vídeos de instruções simples irão orientá-lo sobre o básico de cuidar da sua bike.

Comece com dois baldes de água morna, um para a sua bike e outro para a sua transmissão, e uma escova de cerdas duras, uma escova de cerdas macias, uma escova cônica, desengraxante específico de bike, lavagem de bike, uma toalha seca limpa e lubrificante de corrente. Você pode colocar sua bike em um suporte, ou incliná-la contra uma parede.

Mergulhe a transmissão, o quadro e as rodas com uma solução de pré-limpeza. Em seguida pulverize completamente a transmissão com o desengraxante, evitando cuidadosamente a pulverização direta em algum rolamento. Em seguida, pulverize o quadro, as rodas e os pneus com lavagem de bike, evitando novamente a pulverização em algum rolamento.

Enquanto a bicicleta estiver encharcada com a solução, encha dois baldes com alguns gramas de desengraxante específico de bike e água morna suficiente para submergir as escovas.

Comece com sua transmissão. Use o balde de água reservado para a transmissão e a escova de cerdas duras para limpar toda a transmissão. Você também pode usar um aparelho de limpeza de corrente cheio de desengraxante.

Em seguida, lave o quadro e o garfo da parte superior da bike usando uma escova de cerdas macias com o balde limpo de solução desengraxante. Limpe os pneus com uma escova de cerdas duras, as rodas com uma escova de cerdas macias e use a escova cônica para limpar seus cubos. Enquanto estiver limpando suas rodas, evite entrar em contato com o sistema de freios para evitar qualquer possibilidade de contaminação.

Quando a bicicleta estiver limpa, enxágue-a com um esguicho leve. Por fim, enxugue o quadro com uma toalha macia e limpa até secar e coloque lubrificante na corrente.

Use roupas que você não se importa de ficarem sujas! E certifique-se de usar um desengraxante específico de bicicleta.

Uma maneira rápida e fácil de desengraxar uma corrente é usar uma ferramenta de limpeza de corrente especial. Simplesmente encha o reservatório com desengraxante, enrole a ferramenta em torno da corrente conforme as instruções e pedale para trás. As escovas no interior entrarão em todos os cantos e fendas da corrente em que a sujeira gosta de ficar.

Claro, você ainda pode limpar sua corrente sem uma ferramenta especial. Em vez disso, pode usar uma escova, até mesmo uma escova dental ou pincel de unhas funcionará! Adicione um pouco de desengraxante à escova e segure-a junto da corrente enquanto pedala para trás, certificando-se de passar tanto na parte inferior quanto na parte superior da corrente.

Sua corrente pode parecer limpa agora, mas ainda é preciso escová-la com água e sabão e enxaguar. Isso vai garantir que todo o desengraxante seja removido, possibilitando total aderência do lubrificante novo à corrente

No que se refere a lubrificar sua corrente, prefira um lubrificante adequado às suas condições de uso. Se o terreno em que você pedala é úmido e lamacento, use um lubrificante úmido. Lubrificantes úmidos são mais à prova d’água e duram mais, mas atraem poeira e sujeira em condições mais secas. Se você pedala em condições mais secas, use um lubrificante seco em vez disso. Você precisará substituir um lubrificante seco com mais frequência, mas ele deixará sua corrente menos propensa a acumular sujeira.

Ao lubrificar a corrente, é importante fazer o lubrificante chegar aos roletes. Colocar lubrificante na parte externa da corrente vai apenas gerar acúmulo de sujeira durante a pedalada. Será preciso desengraxar e lubrificar de novo muito mais cedo. Coloque uma pequena gota de lubrificante sobre cada rolete, então remova qualquer excesso. Com isso, você está pronto para pedalar!

Primeiro, determine qual deve ser a pressão dos seus pneus. Todo pneu Bontrager lhe dará uma pressão inicial recomendada. Para encontrar essa faixa, basta verificar a parede lateral de seu pneu. Sua bicicleta terá uma válvula Schrader ou uma válvula Presta. Certifique-se de que sua bomba seja compatível com o tipo de válvula que você possui. Se a sua bomba não for compatível com ambas, você pode adquirir um adaptador na sua loja de bicicletas local. Se suas válvulas possuírem tampas contra poeira, vá em frente e remova-as.

Se você estiver usando uma válvula Schrader, você está pronto para bombear assim que remover a tampa. Se você estiver usando uma válvula Presta, primeiro desparafuse a extremidade para abri-la. Você saberá que está solta o suficiente quando você receber um sopro de ar quando pressionar o núcleo da válvula. Prenda com firmeza a cabeça da bomba na válvula empurrando a cabeça na válvula o máximo que puder. Trave a cabeça levantando a alavanca. Mexa a cabeça; você não deve sentir a válvula se movendo.

Agora comece a bombear. Se você ouvir o ar saindo enquanto bombeia, a cabeça não está bem presa à válvula. reinstale a cabeça e tente novamente. Fique de olho no manômetro ao bombear. Quando estiver dentro da faixa impressa na lateral do pneu, você pode parar. Solte a cabeça pressionando a alavanca e remova rapidamente a cabeça da válvula. Se você estiver usando uma válvula Presta, não se esqueça de fechá-la. Em seguida, reinstale a tampa contra poeira. E com isso, você está pronto para pedalar.

Para evitar percalços na estrada ou trilha, é importante inspecionar sua bicicleta depois de lavá-la e antes de cada passeio ciclístico. Para tornar mais fácil lembrar as etapas de uma inspeção, usamos o método M.

O primeiro ponto do “M” é a roda traseira. Acople uma bomba e certifique-se de que seu pneu está cheio até a pressão recomendada, que está impressa na parede lateral do pneu. Se a pressão estiver muito baixa, encha o pneu na pressão recomendada. Se você estiver usando pneus sem câmara, recomendamos a adição de selante novo para pneu sem câmara a cada 6 meses. Verifique o desgaste das pastilhas/sapatas de freio. Gire sua roda para certificar-se de que gira livremente através dos freios sem fricção nenhuma. Se houver fricção e você já tiver verificado que a roda está encaixada corretamente nas gancheiras, talvez seja necessário ajustar os freios.

Para subir o canote até o selim, vire o selim de um lado para o outro. Certifique-se de que a abraçadeira do canote esteja apertada e mantendo o selim e o canote firmemente no lugar. Com sua bicicleta no chão, abaixe a traseira da bicicleta até a da altura do tornozelo. Se ouvir quaisquer chocalhos ou outros ruídos estranhos. Isso pode significar que algo está solto ou gasto e deve ser levado para a loja local para manutenção.

Para baixar até o pedivela, gire ambos os pedais e verifique se há algum rangido ou outro som. Segure também ambos os pedais gire-os de um lado para o outro. Verifique possível jogo nos pedais ou no sistema de pedivela. Gire o pedivela para trás, verifique se há rangidos ou chiados na corrente ou no sistema de troca de marcha. O ruído da corrente pode significar que sua corrente precisa ser lubrificada, mas os ruídos no sistema de trocas de marchas geralmente precisam ser trazidos para uma loja autorizada para um exame mais detalhado.

Mova o guidão para trás, com sua bicicleta no chão, abaixe a frente da bicicleta até a altura do tornozelo. Verifique se há chiados ou outros ruídos estranhos como você fez com a roda traseira. Torça a área para garantir que o avanço e o guidão estejam apertados. Verifique se as pastilhas do freio estão desgastadas e, por fim, aperte os freios para garantir que se encaixam sem puxar a alavanca totalmente para trás até o guidão.

O último ponto é a roda dianteira. Repita o mesmo processo que você usou para a roda traseira. Encha os pneus, verifique o seu selante se usar instalação sem câmara de ar, verifique se as sapatas de freio estão desgastadas e gire a roda para certificar-se de que ela gira livremente através dos freios sem fricção nenhuma. Se houver fricção e você já tiver verificado que a roda está encaixada corretamente nas gancheiras, talvez seja necessário ajustar os freios.

About the Author: Trek

Our mission: we build only products we love, provide incredible hospitality to our customers, and change the world by getting more people on bikes.