Brazil / Português
You're looking at the Português version of the website. Don’t worry. We’ve all taken a wrong turn before. Choose a different version of the website here.

Nunca olhe para trás A história do Paris-Roubaix Femmes 2021

Nunca olhe para trás A história do Paris-Roubaix Femmes 2021

ROUBAIX, FRANÇA - 02 DE OUTUBRO: Elisabeth Deignan-Armitstead do Reino Unido e a equipe Trek - Segafredo comemora a vitória no Velódromo de Roubaix - Vélodrome André Pétrieux durante o 1º Paris-Roubaix 2021 - Elite Feminina, uma corrida de 116,4 km, de Denain a Roubaix / #ParisRoubaixFemmes / #ParisRoubaix / em 2 de outubro de 2021, em Roubaix, França. (Foto por Tim de Waele/Getty Images)

Três ciclistas da equipe Trek-Segafredo terminaram entre as dez primeiras no primeiro Paris-Roubaix Femmes. Mas esta corrida representou muito mais do que os resultados.

Nos 125 anos de existência do Paris-Roubaix, este evento no calendário principal dos Clássicos desenvolveu ricas tradições. Desde a década de 1940, terminou com uma volta pelo Velódromo de Roubaix. As vencedoras receberam um troféu feito com um paralelepípedo retirado do percurso. E, após a corrida, os ciclistas lavam a lama e a areia nos icônicos chuveiros de concreto, adornados com placas de latão comemorando os vencedores anteriores.

Mas até 2021, faltava algo na tradição do Paris-Roubaix: mulheres.

“Never Look Back” é um retrato íntimo do dia em que o pelotão feminino profissional deu suas primeiras pedaladas no primeiro Paris-Roubaix Femmes. Assista ao filme para ver este momento monumental através dos olhos das mulheres que fizeram história.

Veja o vídeo

A bike que faz cada pedal na estrada ser melhor

Conduzida à vitória por Lizzie Deignan no primeiro Paris-Roubaix Femmes, a Domane é rápida, divertida e suave onde quer que você a pedale.
VEJA A BIKE

About the Author: Trek

Our mission: we build only products we love, provide incredible hospitality to our customers, and change the world by getting more people on bikes.