Brazil / Português
You're looking at the Português version of the website. Don’t worry. We’ve all taken a wrong turn before. Choose a different version of the website here.

Tony Kanaan: piloto e ciclista Conheça a história de como começou sua paixão pelas bicicletas!

Tony Kanaan: piloto e ciclista Conheça a história de como começou sua paixão pelas bicicletas!

Meu nome é Tony Kanaan, tenho 46 anos, sou piloto profissional de automobilismo e um apaixonado por bikes! Estou nessa estrada há muito tempo e com bastante trabalho e dedicação, conquistei alguns títulos importantes na minha carreira, como as 500 Milhas de Indianápolis em 2013. Também fui Campeão da Fórmula Indy em 2004 e venci as 24 Horas de Daytona em 2015 na categoria principal. Como que a bike me ajudou nisso tudo? Já te conto!

Comecei no kart quando eu tinha somente oito anos de idade por incentivo do meu pai. Aos domingos a gente tinha o costume de assistir as corrias de F1 e Indy juntos e um belo dia ele resolveu me levar pro kartódromo de Interlagos pra ver uma prova ao vivo. Fiquei vidrado naqueles karts andando “a milhão”, foi paixão à primeira vista. Quando a prova terminou, ouvi da boca de meu pai algo que nunca vou esquecer: “E aí Tony, que que você acha de guiar um desses?”. Bom, saímos de lá direto pro fabricante de karts pra comprar meu novo brinquedo. Claro que tudo começou como uma brincadeira e não havia intenção de virar um piloto profissional. Afinal, quem que decide o que vai fazer da vida aos oito anos de idade?

Quando comecei a vencer corridas e ver que eu realmente estava tomando gosto pelo automobilismo, tive que me dedicar para melhorar meu condicionamento físico também. Os que me conhecem sabem que não sou alto, então imaginem como eu era pequeno quando criança! Como não dava pra mandar um menino de 10 anos pra academia, meu pai me colocou pra nadar e para pedalar, afinal, que garoto de 10 anos que não tem uma bike? E eu não largava a minha bike. Se não tivesse no kart, eu tava na bike! E assim foi, quanto mais eu evoluía nas corridas, mais eu precisava da bike pra me ajudar no condicionamento físico. A bike é uma ferramenta fundamental para o meu condicionamento. Pedalo religiosamente todos os dias, na rua ou no Zwift, desde que eu não esteja viajando!

Quando me mudei para os Estados Unidos em 1996, meu treinador físico na época disse: “Pô Tony, você já nada, pedala e corre, porquê não faz logo um triathlon?” Foi o empurrão que eu precisava pra entrar no mundo do triathlon e começar mais uma paixão. Mas claro, dos três esportes que compõem o triathlon, a bike é o que eu mais gosto. Bike tem tudo a ver com corrida. A velocidade e a sensação que a bike te dá de liberdade… Fora que a tecnologia das bikes também é muito parecida com as dos carros de corrida. A utilização de fibra de carbono para desenvolver bikes leves mas ao mesmo tempo muito resistentes, aerodinâmica avançada tanto nos quadros quanto nas rodas, câmbios com acionamento eletrônico, freios a disco… É muito mais parecido do que a gente pensa.

Em 2011 fui convidado pelo Ironman para participar do campeonato mundial em Kona, algo que eu nunca havia sonhado em poder competir. Naquela época eu já andava de Trek há muitos anos por escolha própria, pois como no mundo do automobilismo, nas bikes a gente tem que sempre ir atrás do melhor equipamento disponível. Quando rolou o convite do Ironman para Kona, a minha relação com a Trek se oficializou e desde então estamos juntos. Já tive vários modelos diferentes de Trek, mas a minha bike favorita pros treinos do dia a dia é a Madone SLR 9 Disc. A bike é um avião. Para o triathlon eu uso a Speed Concept!

Tony Kanaan no escritório da Trek Brasil

Agora, Tony está no Brasil para competir a temporada 2021 da Stock Car e seguirá seus treinos de bike com o apoio da Trek Brasil.

Bem-vindo de volta, Tony!

Madone

Feita para ganhar. Ela é rápida, leve, aerodinâmica e buscará todos os pódios com você!
CONHEÇA A MADONE

About the Author: Trek

Our mission: we build only products we love, provide incredible hospitality to our customers, and change the world by getting more people on bikes.