Brazil / Português
You're looking at the Português version of the website. Don’t worry. We’ve all taken a wrong turn before. Choose a different version of the website here.

Trail Building: “esculpindo a terra” para o esporte Já se perguntou de onde vem as trilhas, como elas surgem, como são aprimoradas e como se mantêm durante o tempo e uso?

Trail Building: “esculpindo a terra” para o esporte Já se perguntou de onde vem as trilhas, como elas surgem, como são aprimoradas e como se mantêm durante o tempo e uso?

Já se perguntou de onde vem as trilhas, como elas surgem, como são aprimoradas e como se mantêm durante o tempo e uso? Meu nome é Anselmo, sou criador do KOM Trilhas e hoje trouxe essa reportagem bacana da Bianca Anacleto com fotos de Kika Pereira e Claudio Reis.

“Trilha não cai do céu” é com esse lema e com o objetivo de tornar a bicicleta mais democrática, que o KomTrilhas segue seu trabalho em Brasília e região. O grupo de trail building, prática de construção e manutenção de trilhas para diversas modalidades de bicicleta, teve início em 2018 com o desejo de Anselmo Ferraz de inserir essa cultura biker na capital federal. “Em outros países essa prática é bem forte, porque as trilhas possuem necessidade de manutenção. Aqui em Brasília eu não conhecia ninguém que fizesse isso”, comenta Anselmo.

Unindo essa missão de tornar a bicicleta mais acessível com a necessidade de manutenção de trilhas, além da grande paixão pela modalidade. Nicolas, Vitão e Anselmo deram início ao trabalho do KomTrilhas. “Nós temos uma rotina de construção, o trabalho é de segunda a sexta e, talvez esse seja nosso diferencial, somos profissionais”, afirma Anselmo.

A tarefa de um trail builder, como descreve Nicolas, é “esculpir a terra”, isso requer muita atenção e cuidado com o espaço onde estão construindo. Ele ainda complementa: “Para aquele que anda de bicicleta, fazer parte do processo de manutenção das trilhas também gera conexão com os obstáculos, dando mais segurança e até uma facilidade”. Mas também, ainda enfrenta algumas dificuldades por ser pouco reconhecido. “É aquele negócio ‘a trilha não cai do céu’, as pessoas não sabem que elas são construídas, não tem muita atenção do poder público e os patrocínios são poucos”, reconhece Anselmo. Hoje o KomTrilhas conta com o financiamento de uma vaquinha virtual e patrocínio da Trek.

O trabalho KomTrilhas, além da construção de pistas privadas, é também poder montar espaços públicos para que as modalidades de bicicleta, em especial o mountain bike e bicicross, cresçam cada vez mais, atraindo novos praticantes e atletas com níveis técnicos diferentes. Atualmente, iniciaram um trabalho de construção e manutenção de um espaço em frente às Embaixadas. O projeto deu tão certo que hoje reúne muitas pessoas para andar de bicicleta, tornando-se um espaço familiar e de muito aprendizado. “Todas as trilhas devem ser projetadas com consciência e segurança e o esporte é para isso, para trazer mais inclusão e desenvolvimento”, finaliza Nicolas.

Foto de Kika Pereira

O processo de construção de trilhas começa com muito planejamento até chegar na fase de realmente “colocar a mão na massa”, trechos com menos de 1km podem levar vários dias de andanças pelo terreno até encontrar a linha perfeita e algumas semanas para encontrar parceiros dispostos a investirem tempo e dinheiro nessa empreitada. Durante a construção de um trilha nova, é preciso entender a natureza que cerca o ambiente e definir o nível de dificuldade para os pilotos. Quem está cavando se sente totalmente integrado e metro a metro coloca sua criatividade em prática para deixar tudo divertido: durante a construção e depois de pronto para quem está pedalando. Depois de tudo pronto, com velhos amigos e novos ciclistas andando naquela trilha que antes estava só no pensamento, vem o sentimento de que tudo valeu a pena!

 

E não acaba por aí, depois de inaugurada começa a fase de manutenção da trilha. Já ouvi de pessoas comentários do tipo: “não tem ninguém trabalhando na manutenção pois está tudo igual”. A verdade é que se está tudo igual, é justamente porque tem uma equipe dedicada à manutenção das trilhas. Sem esse trabalho o mato toma conta, as valas de chuva aparecem, os obstáculos começam a se desfazer e a brincadeira passa a ficar menos divertida e mais perigosa. Ter uma trilha sempre com a manutenção em dia é um grande passo para trazer novos adeptos para o esporte, possibilitar o treino de atletas já experientes e minimizar os riscos. O pedal para mim sempre teve pitadas de superação e esforço com doses sem moderação de sorriso e risadas ao final de cada rolê. E é isso que a gente tenta trazer para as trilhas que construímos e mantemos.

Hoje o Kom Trilhas atua em diferentes pontos de Brasília e região, com destaques para o Bike Park Embaixadas, a Trilha das Abelhas e a Trilha do Marimbondo. Sempre com o apoio da Trek, pretendemos expandir as trilhas na região e agregar cada vez mais adeptos ao mountain bike. Bora com a gente? Tem mais informação e fotos no Instagram @komtrilhas.

Acessórios que adoram a lama!

Encontre tudo o que você precisa para um dia incrível na trilha, de capacetes e luzes a sapatilhas e rodas.
Veja acessórios de MTB

About the Author: Trek

Our mission: we build only products we love, provide incredible hospitality to our customers, and change the world by getting more people on bikes.